fev 20 2017

Motos 2017: Os 30 lançamentos esperados para o Brasil

Hoje o assunto é para os amantes de velocidade! Veja abaixo os 30 modelos de motos esperadas para o Brasil em 2017: 

O mercado de motos brasileiro fechou 2016 com uma queda de 26,5% nas vendas, mas 2017 promete ser repleto de lançamentos. A grande expectativa é pela chegada dos primeiros modelos de baixa cilindrada da BMW.

Muitas novidades apresentadas no Salão de Milão 2016, como a Ducati Multistrada 950 e a renovação da Honda CB 650F, também são esperadas no país. Alguns desses destaques da feira europeia deverão ser atrações do Salão Duas Rodas, que acontece em novembro, em São Paulo, e sempre traz muitas novidades.

Além disso, mais uma marca chegará ao Brasil neste ano: a Royal Enfield. A marca centenária confirmou sua vinda, mas ainda não definiu que modelos vai vender no país e nem anunciou detalhes da operação.

Enquanto aguardamos essas novidades, vamos conferir a lista:

BMW – G 310 GS

 Resultado de imagem para moto BMW - G 310 GS

A BMW deve aposta de vez na sua linha de baixa cilindrada no Brasil. Além da naked G 310 R, a empresa vai lançar a “pequena aventureira” G 310 GS. Por suas suspensões mais longas e roda maior, o modelo deve se adaptar melhor às vias esburacadas brasileiras. Mantendo as linhas da lendária GS de maior cilindrada, o modelo tem motor de 34,4 cavalos e será produzido em Manaus.

BMW – G 310 R

 Resultado de imagem para BMW - G 310 R
A expectativa inicial era que a G 310 R chegasse ao Brasil em 2016, mas houve atraso e chegará em 2017. O modelo do estilo naked tem motor de 1 cilindro e 34,4 cavalos, mas uma proposta mais urbana que a da G 310 GS.

 

BMW – Linha S 1000

BMW S 1000 R, S 1000 RR e S 1000 XR (Foto: Divulgação)

A BMW renovou para sua linha de 1.000 cc com motores de 4 cilindros no exterior. Como principal mudanças, a S 1000 XR ficou mais potente e agora seu motor rende 165 cavalos de potência, contra 160 cavalos do modelo anterior.

DUCATI – Multistrada 950

Resultado de imagem para DUCATI - Multistrada 950
A ideia da Ducati foi tornar a Multistrada uma moto mais acessível, por isso criou o modelo 950. Mais versátil com a roda de 19 polegadas na dianteira, a Multistrada 950 será estrela da marca no Salão Duas Rodas. O motor de 2 cilindros rende 113 cavalos de potência e o pacote eletrônico tem modos de pilotagem, controle de tração e freios ABS.

DUCATI – Monster 797

Ducati Monster 797 (Foto: Divulgação)

Depois do lançamento da Monster 821, a linha havia ficado sem uma representante mais acessível e com o tradicional motor refrigerado a ar. Esse será o espaço preenchido pela Monster 797, que utilizará o mesmo motor da Scrambler 800.

DUCATI – Supersport

Ducati SuperSport S (Foto: Divulgação)

Para tornar sua linha de esportivas mais acessível, a Ducati criou a Supersport. O nome foi resgatado do passado e o motor de 2 cilindros vem da linha Hypermotard: são 937 cc e 113 cavalos de potência.

DUCATI – 1299 Superleggera

Ducati 1299 Superleggera (Foto: Divulgação)

A Ducati já iniciou a pré-venda no Brasil de sua esportiva mais excluisiva: a 1299 Superleggera. O modelo é o mais caro do Brasil, vendido por “módicos” R$ 550 mil. Apenas 3 unidades serão oferecidas no país.

HARLEY-DAVIDSON – Roadster 1200

Harley-Davidson Roadster (Foto: Divulgação)

A Roadster e a mais nova representante da família Sportster. Com motor de 2 cilindros e 1.200 cc, a moto aposta em um visual minimalista.

HONDA - CBR 1000 RR Fireblade

Honda CBR 1000 RR (Foto: Divulgação)

Apesar de a expectativa ser de uma nova geração, não foi exatamente isso o que aconteceu e a CBR 100 RR Fireblade foi atualizada. Mas mudanças importantes vieram, com a renovação do visual, aumento de 10 cavalos de potência, chegando a 190 cavalos, e redução de peso.

Honda CB 650 F

Honda CB 650F (Foto: Divulgação)

A CB 650 F, sucessora da Hornet, foi atualizada no último Salão de Milão e estas novidades também são esperadas para o Brasil. O visual ficou mais agressiva e o motor mais potente: são 4 cavalos a mais, chegando a 91 cavalos de potência.

Honda CBR 650 F

Honda CBR 650F (Foto: Divulgação)

Seguindo as mudanças da CB 650F, a CBR 650F (versão carenada) também ficou mais potente e também mudou seu visual.

INDIAN – Dark Horse

Indian Dark Horse (Foto: Divulgação)
A moto mais “sombria” da linha Indian está a caminho do Brasil: é a Dark Horse. O modelo, que aposta em visual negro em praticamente todas as suas peças, tem motor V2 de 1.819 cc.

INDIAN –  Chieftain

Indian Chieftain (Foto: Divulgação)

Como principal novidade, o modelo terá a nova tela multimídia de 7 polegadas sensível ao toque. Chamado de Ride Command, o sistema chegará para fazer frente ao dispositivo oferecido pela Harley-Davidson.

INDIAN – Roadmaster

Imagem relacionada

Assim como a Chieftain, a Roadmaster também ganhará o novo sistema de entretenimento com tela sensível ao toque.

INDIAN – Scout

Indian Scout (Foto: Divulgação)

Apesar de a empresa ainda não ter divulgado nada oficial, a Scout deve passar por sua primeira renovação este ano. A principal novidade será nas suspensões, que serão retrabalhadas para ficarem mais confortáveis.

KAWASAKI – Versys 300-X

Kawasaki Versys-X 300 (Foto: Divulgação)
Além de BMW e Suzuki, a Kawasaki também apresentou o seu modelo para disputar no segmento das aventureiras de baixa cilindrada: é a Versys-X 300. Também utilizando o nome de motos de maior cilindrada, o modelo utiliza o mesmo motor da Ninja 300.

KAWASAKI – ER-6n

Kawasaki ER-6n (Foto: Divulgação)

A ER-6n, conhecida como Z650 em alguns mercados, foi renovada no exterior e deve seguir o mesmo caminho no Brasil. O visual ficou mais moderno e o chassi da moto também é novo. O motor de 2 cilindros e 649 cc rende 68 cavalos de potência.

KAWASAKI – Ninja 650

Kawasaki Ninja 650 (Foto: Divulgação)

Assim como a ER-6N, a Ninja 650 também mudou, já que ambas utilizam a mesma base. Chassi e visual são novos. Seu motor, de 2 cilindros e 649 cc, rende 68 cavalos de potência.

KAWASAKI – Z900

Kawasaki Z900 (Foto: Divulgação)

A Kawasaki também pode apostar nesta naked totalmente nova: a Z900. Seu motor de 948 cc foi derivado da Z100 e rende 126 cavalos de potência. O chassi também é novo e do tipo tubular de treliça.

KAWASAKI – H2 Carbon

Kawasaki Ninja H2 Carbon (Foto: Divulgação)

A Kawasaki já oferece no Brasil, apenas por encomenda, a Ninja H2 Carbon. O modelo é uma versão ainda mais exclusiva da H2 e o preço é de R$ 164 mil.

KTM – 390 Duke

KTM 390 Duke (Foto: Divulgação)

A 390 Duke passou por sua primeira grande renovação e o espera é que isso também aconteça no Brasil. O visual mudou e agora está mais inspirado na 1290 Super Duke, ganhando novo farol bem mais agressivo na dianteira, além de novo desenho nas carenagens. O motor rende 44 cavalos de potência.

KTM – 1290 Super Duke

KTM 1290 Super Duke R (Foto: Divulgação)

O “monstro” entre as nakeds da KTM também está de cara nova e o visual ficou mais agressivo. Seu motor de 1.301 cc rende 177 cavalos de potência.

ROYAL ENFIELD – Continental GT

Royal Enfield Continental GT (Foto: Divulgação)

A Royal Enfield confirmou que vai inaugurar a sua própria subsidiária no Brasil, mas as motos destinadas ao país ainda não foram definidas. Entre os modelos esperados, está a chegada da Continental GT, um modelo no estilo “Café Racer”.

SUZUKI – GSX-R 1000

Suzuki GSX-R 1000 (Foto: Divulgação / Intermot)

Demorou, mas a nova geração da GSX-R 1000 enfim foi lançada. O modelo tem novo motor de 4 cilindros e 998,8 cc, que rende 202 cavalos de potência. Com controle de tração de 10 modos e freios ABS, a moto utiliza tecnologia da MotoGP, diz a marca.

SUZUKI – V-Strom 250

Suzuki V-Strom 250 (Foto: Divulgação)

Além de Kawasaki e BMW, outra marca a investir em pequenas aventureiras foi a Suzuki com a V-Strom 250. O modelo utiliza nome e visual inspirados nas V-Strom 650 e V-Strom 1000.

TRIUMPH – Bobber

Triumph Boneville Bobber (Foto: Divulgação)

A Triumph segue expandindo sua linha baseada na Bonneville T120. Para 2017, a marca vai lançar no Brasil a inédita Bobber. O modelo é uma aposta ousada e segue exatamente o estilo representado pelo seu nome. Na traseira, um para-lama rente ao pneu e apenas um monoposto.

YAMAHA – MT-09

Yamaha MT-09 (Foto: Divulgação / Intermot)

A naked de 3 cilindros da Yamaha passou por sua primeira renovação, que foi revelada no Salão de Colônia 2016. Mantendo a base mecânica, o modelo simplesmente ficou a cara de sua irmã maior, a MT-10.

YAMAHA – MT-10

Yamaha MT-10 (Foto: Rafael Miotto/G1)

A linha MT da Yamaha já está bem recheada com MT-03, MT-07 e MT-09 e a “cereja do bolo” pode ser a MT-10, revelada no Salão de Milão 2015. Baseada nada menos que na esportiva R1, a MT-10 tem uma cara de “Transformers”. A marca não confirma a vinda da moto ao país.

YAMAHA – Tracer 700

Yamaha Tracer 700 (Foto: Divulgação)

A naked MT-07 tem uma irmã crossover no exterior: a Tracer 700, que pode desembarcar em breve no Brasil, apesar de a montadora não confirmar. Utilizando a mesma base com motor de 2 cilindros e 74,8 cavalos de potência, a moto ficou com um posicionamento mais elevado para os braços, recebeu carenagens laterais ao tanque e uma bolha de proteção.

YAMAHA – X-Max 300

Yamaha X-Max 300 (Foto: Divulgação)

Com o segmento de scooters crescendo e a chegada da Vespa ao Brasil, mais novidades devem aparecer. O X-Max 300 seria uma opção para competir com Dafra Citycom 300i e Honda SH 300i. Seu motor de 1 cilindro rende 27,6 cavalos de potência.

Quer saber mais? Acesse http://g1.globo.com/carros/motos/noticia/2017/01/motos-2017-veja-30-lancamentos-esperados-para-o-brasil.html


fev 17 2017

Elegância nos pés com o sapato bege

 

O bege é uma cor extremamente elegante e versátil, tanto nas roupas, como nos sapatos. Um sapato bege é um coringa para ter no seu armário e compor visuais sóbrios, profissionais, elegantes ou ousados.

Na hora de combinar com o restante do look, é legal ter em mente que o importante mesmo é que as cores escolhidas pertençam à mesma família. Elas não precisam ser exatamente as mesmas, mas devem funcionar bem juntas. Por exemplo: tons terrosos e mais claros casam muito bem com o bege, pois são de tonalidades semelhantes.

Outra dica importante é ficar de olho no material das peças. Um sapato envernizado pede cintos do mesmo material, assim como cintos de lona são mais casuais e permitem sapatos mais informais.

Confira agora algumas inspirações e logo abaixo nosso modelo He da coleção atual com detalhes em couro que agregam sofisticação à peça:

Resultado de imagem para como usar sapato bege masculino

16730481_1845058585777033_7298538965245518096_n


fev 15 2017

Copos de cerveja: para ir além do velho copo americano de boteco!

Taça, tulipa, cálice, tumbler, weizen, caldereta. Você sabia que existem muitas outras opções além do bom e velho copo americano de boteco?

Na Bélgica, país com grande tradição pela cultura cervejeira, cada cerveja tem seu copo específico. Os bares por lá tem centenas de tipos diferentes e seguem fielmente o serviço impecável.

Mas será que aquele nosso copo americano, baixinho de 200 ml não serve para qualquer cerveja? Depende.

Os copos que tem um design diferente do comum tem o seu porquê. Algumas cervejas são mais leves e menos aromáticas e podem ter bastante espuma, para esse tipo podem usar um copo com corpo mais alongado e estreito. Já as cervejas mais encorpadas e aromáticas, precisam de copos mais bojudos e curtos.

Então, além da função visual, os copos são responsáveis pelo aroma que vai encantar você enquanto bebe uma boa cerveja. Os copos tem medidas que vão de 125ml a 2 litros e as mais diferentes formas.

Aqui um pequeno guia:

Existem muitos outros modelos bacanas e a cada dia as cervejarias lançam novos copos, até mesmo como forma de marketing.

E lembre-se sempre: qualquer que seja seu copo, ele precisa estar limpo para exercer bem sua função. Isto é primordial!

https://papodehomem.com.br


fev 10 2017

Escritório masculino: dicas para resolver a decoração

Quer criar um escritório arrojado e ao mesmo tempo prático? O post de hoje está recheado de referências e dicas para você que quer criar um local de trabalho aconchegante e com uma pegada mais sóbria e masculina. Olha só!

A primeira coisa a se pensar na escolha dos itens de decoração para um ambiente masculino é a paleta de cores. Cores mais sóbrias como o cinza, o marrom escuro, e o preto tendem a agradar com mais facilidade, e são bem tranquilas de ser combinadas com itens que possuem algum toque colorido. Outra cor que tem feito muito sucesso, é o caramelo, que por sua vez é mais versátil e é facilmente inserida tanto em um escritório masculino quanto em um feminino.

Utilizar móveis com cantos quadrados e superfícies lisas como o mármore, o granito e alguns tipos de madeira, deixa o ambiente instantaneamente com um ar mais  masculino. Deve-se tomar muito cuidado para o espaço não ficar gelado e com a sensação de frieza. Adicionar almofadas de materiais empregados na alfaiataria e moda masculina como por exemplo o veludo e o suede são uma ótima pedida!

Outra dica bem bacana é investir em quadros, livros e discos. Isto adiciona personalidade ao cômodo, e acrescenta uma sensação de individualidade a todos os objetos do escritório.

HOME-OFFICE_02

Resultado de imagem para inspirações de escritórios masculinos

03-home-office-para-dois-em-9-m2

Imagem relacionada

Fonte: http://casavogue.globo.com


fev 8 2017

Sapatos coloridos na promoção!

Nossa promoção está cheia de roupas e acessórios que são o “must have” da estação! Quem ainda não conferiu, corre já pra cá e aproveite nossos descontos imperdíveis.

E dentre as tantas opções, os sapatos coloridos estão imperdíveis. São diversos modelos, de diferentes cores e tonalidades, que acrescentam charme e descontração à indumentária masculina.

Confira algumas opções:

16508906_1840784719537753_3210609578002266611_n
Difícil escolher um só né?! Então aproveita nossa #liquidação e leve um de cada.


fev 6 2017

Liquida Estivanelli. Aproveite nossos descontos!

A semana começou com uma novidade boa por aqui! Nossa Liquidação já começou, com descontos de até 30%. Venha aproveitar!

*Desconto válido para itens selecionados.

 

 

Liquida2017


fev 3 2017

Para inspirar o final de semana!

O tão esperado final de semana se aproxima e para você que tem algum evento, passeio ou festa mais informal, nossa dica é apostar na combinação camisa + bermuda.

Essa combinação é perfeita para os dias de folgas.  A camisa com bermuda forma um visual informal e, ao mesmo tempo, arrumadinho.

Na hora de combinar, as bermudas tradicionais são as mais indicadas para combinar com camisas. Aqui, a regra é simples: menos é mais. Escolha os modelos lisos, sem estampas, que ficam entre a linha acima do joelho, até um pouco abaixo dele. Já a camisa pode trazer um pouco mais de cor ou até estampas, desde que não sejam muito chamativas. As camisas podem possuir bolsos na frente e podem ou não ser usadas com uma regata ou camiseta neutra por baixo, dependendo do clima.

Confira todos os detalhes do nosso “Look inspiração”:

FotorCreated5Agora mais looks Street Style para você ficar expert na combinação:

Imagem relacionada

Resultado de imagem para camisa com bermuda

Resultado de imagem para camisa xadrez com bermuda

 


fev 1 2017

Praticidade no dia a dia

226712ed10e31fbbe2d9fcdac5876139A bolsa transversal, é um dos modelos preferido pelos homens que trabalham em ambiente um pouco mais informal. Prática, sua alça facilita o uso, liberando a mão para outras funções.

Os modelos existentes vão das finas com espaço para um notebook, revistas e documentos, as mais parrudas que permitem levar de tudo um pouco.

Para quem trabalha de social, o ideal é optar por uma bolsa de couro marrom ou preta que é mais séria e elegante. Já quem não tem essa necessidade de usar social no trabalho, pode optar pelos modelos de nylon ou outros tecidos.

14925758_1795518847397674_9115764378428493561_n

Outra opção é usar como bolsa de mão quando os ombros cansarem:

Nenhum texto alternativo automático disponível.


jan 30 2017

Sapato Azul = Elegância e modernidade nos pés

Muitos homens tem receio na hora de usar um sapato de cor, não é mesmo?! Mas o fato é que os sapatos coloridos ganharam as ruas e cada vez mais podemos encontrar novos modelos por aí.

E na variedade de cores, uma vem destacando-se mais na coleção masculina: O SAPATO AZUL, que consequentemente também gerou diversas dúvidas entre os homens sobre qual roupa que irá combinar com a peça.

16195868_1834031976879694_3798136617932553763_n 16265955_1834031980213027_5992219145738315495_n

Se você também tem dúvidas, vamos mostrar algumas dicas que são valiosas:

- Roupas brancas são uma excelente opção também, imprimindo um ar mais sofisticado e neutro.

- O preto e o cinza farão uma ótima combinação com o seu sapato, e no caso da cor cinza você pode explorar todas as suas tonalidades.

- Tons terrosos, como o marrom, também ficam muito bacanas.

- Quando combinar com outra peça azul, mescle os tons (claro e escuro) para não ficar muito azulão.

Agora confira algumas opções para você se inspirar e boa sorte!

Resultado de imagem para sapato azul masculino look

Resultado de imagem para sapato azul masculino look

Resultado de imagem para sapato azul masculino look

Fonte: http://www.machomoda.com.br/

 

 


jan 27 2017

5 tecnologias que podem mudar sua vida em 2022

Imagem relacionada

Conheça as apostas tecnológicas dos cientistas da IBM para os próximos 5 anos, segundo a IBM, a gigante americana de tecnologia:

Anualmente,  a IBM anuncia 5 inovações que terão o maior impacto na vida das pessoas nos próximos 5 anos. A maioria dessas mudanças vem impulsionada pelo desenvolvimento de inteligências artificiais cada vez mais poderosas – o que não é coincidência nenhuma, já que o aprendizado de máquinas é uma das especialidades da IBM. Vamos a elas:

1. Escutando doenças

Você já deve ter reparado que sua voz muda dependendo do seu estado de humor. A inteligência artificial, segundo a IBM, quer transformar essa percepção instintiva em uma forma de diagnosticar doenças.

Pesquisas mostram que o padrão natural de fala de pacientes com Alzheimer, Parkinson e até ansiedade e depressão muda de forma quase imperceptível aos ouvidos, mas que um computador inteligente seria capaz de detectar com precisão, até nos estágios mais precoces dessas doenças.

Algumas das pistas incluem a escolha de palavras, a entonação e até a sintaxe usada pelos pacientes.

Para 2022, a IBM aposta que nossos smartphones já terão apps de diagnóstico instantâneo de saúde mental, baseados em reconhecimento vocal – e monitorar essas doenças pode se tornar tão corriqueiro quanto usar o Whatsapp.

2. Visão do Superman

Nossos olhos só são capazes de enxergar formas específicas de luz. Em todo o enorme espectro de ondas eletromagnéticas, o que chamamos de luz visível são as ondas com comprimento entre 390 e 700 nanometros.

Para enxergar raios-x, luz infravermelha e microondas, só se você tiver equipamentos especializados – ou se for um personagem de quadrinhos.

Nos próximos 5 anos, porém, os cientistas da IBM prometem que teremos uma visão digna do Superman, mas utilizando os métodos do Batman. Isso porque não teremos olhos diferentes, mas sim tecnologia portátil, acessível e desenvolvida para enxergar diferentes comprimentos de onda que hoje só são vistos em laboratório.

A previsão mais realista é que sensores e câmeras de hiperimagem tragam essa mudança para as nossas vidas. Nos carros, por exemplo, elas podem ajudar motoristas a enxergar melhor na estrada em situações de neblina ou de chuva.

Mas a IBM vai ainda mais longe: as fotos de comida que tiramos podem ser associadas a análise de imagem para já informar o valor nutricional de cada refeição – ótimo para quem está de dieta, péssimo para quem prefere ignorar as calorias daquela sobremesa que ficou linda no Instagram.

3. Um novo tipo de mapa

Esqueça tudo que você aprendeu na aula de geografia: em 5 anos a IBM acredita que teremos um novo tipo de mapa para analisar o mundo à nossa volta. São os macroscópios – em vez de permitir enxergar detalhes minúsculos como os microscópios, eles vão unir diferentes tipos de dados gerados diariamente para nos ajudar a enxergar padrões – sociais, econômicos, de poluição, de saúde – em comunidades, cidades e países.

Todo mapa é um conjunto de dados, mas a proposta destes macroscópios é nos ajudar a visualizar as quantidades absurdas de dados que geramos utilizando computadores e eletrônicos que, cada vez mais, vão ser inteligentes e conectados à rede, gerando dados a cada segundo.

A aposta da IBM é que, em 5 anos, vamos aprender a agregar dados diferentes – misturando informações de drones, de telescópios e de previsão do tempo, para antever quedas de asteroides, por exemplo.

Mas não é preciso ir tão longe: quando sua geladeira, sua privada e cada uma das lâmpadas da sua casa for inteligente e conectada à internet, um mapinha da sua própria casa vai se mostrar muito mais útil do que você imagina hoje.

4. Laboratórios de bolso

Se você odeia aguentar a fila de exames e ainda ter que esperar semanas pelos resultados, a IBM aposta que seu sofrimento pode accabar nos próximos anos.

Isso porque uma das tendências apontadas pela empresa são os laboratórios de bolso – chips de silicone com a capacidade de análise de todo um laboratório de bioquímica, capazes de revelar informações vindas de amostras de suor, de sangue e de urina.

A ideia é que eles sejam associados a aparelhos portáteis para monitorar doenças no conforto da casa do paciente – como já acontece hoje com o controle de glicemia de diabéticos.

Em um mundo povoado pela “internet das coisas”, esses laboratórios de bolso seriam associados aos dados que já são gerados hoje em dia por apps que monitoram o sono e que contam o número diário de passos para dar uma visão universal da saúde de cada pessoa.

5. Gestão de poluição

A tecnologia atual já é capaz de ter medidas cada vez mais precisas das mudanças climáticas, da qualidade do ar e da produção de CO2. A previsão da IBM é que a velocidade dessa análise aumente muito – em um piscar de olhos, saberíamos exatamente quais os poluentes que estão se acumulando diariamente na atmosfera e de onde eles vêm.

Por um lado, isso nos faz perceber com ainda mais intensidade os impactos da ação humana na natureza. Mas também nos dá uma ferramenta para lutar contra isso: os cientistas da empresa americana acreditam que vazamentos de gás, por exemplo, vão levar segundos para serem identificados, em vez de semanas. A velocidade com que resolveremos esses problemas, porém, continua sendo responsabilidade nossa.

Fonte: Portal Superinteressante