nov 24 2014

Quer sair do trabalho no horário? Saiba o que fazer e o que não fazer

E-mails fora de hora, uma última ligação, tempo desperdiçado em redes sociais: são inúmeros os motivos bobos que te fazem ficar no trabalho minutos (ou horas) além do que deveria

Lutando contra o tempo? Siga as dicas (Foto: Getty Images)

Todo dia a gente faz tudo sempre igual. Jura para si mesmo que vai terminar o que tem para fazer e que vai sair do trabalho no horário correto, mas não consegue. Toca o telefone, aparece um último e-mail, chega uma mensagem. Ficamos presos todos os dias por minutos, às vezes horas, e atrasamos, ouvimos reclamações, nos desgastamos. Bem, chegou a hora de se disciplinar. Frances Booth, autora de The Distraction Trap: How to Focus in a Digital World, livro sobre foco num mundo digital, deu dicas em um artigo publicado pela Forbes.

Não faça!
1. Não atenda o telefone para “uma última ligação” logo antes de sair. Esta ligação nunca é tão rápida quanto você imagina.

2. Não veja seu e-mail “só mais uma vez”. Crie um ritmo para checar a caixa de entrada uma vez a cada meia hora ou hora inteira, e não desperdice tempo além disso.

3. Não perca tempo durante o dia com distrações, caso contrário terá que gastar tempo além do horário para recuperar tudo o que já devia estar pronto.

4. Não crie uma nova crise por dia!

5. Não assuma trabalhos extras que você não tem condições de cumprir. É melhor entregar menos, mas entregar, do que deixar chefes e clientes insatisfeitos com a demora.

6. Não trabalhe num escritório em que a cultura manda ficar além do horário só para mostrar que trabalho está sendo feito.

7. Não desperdice tempo nas redes sociais!

8. Não se sinta culpado por não terminar todo o trabalho. Ao sair e aproveitar a noite para descansar e se divertir você estará melhor e mais produtivo quando voltar no dia seguinte.

Faça!
1. Espere levar mais tempo do que imagina para concluir as atividades do dia.

2. A colegas, subordinados e clientes, deixe instruções claras sobre quanto tempo cada tarefa tem para ser concluída – senão a procrastinação alheia pode te prejudicar.

3. Fique após o horário somente em dias em que seu trabalho é vital. Se você sair de lá todos os dias dentro da meta, uma vez ou outra não vai incomodar.

4. Tome distância de pessoas que te fazem desperdiçar tempo. Lembre-se que cada minuto no decorrer do dia pode ser usado para evitar que a noite seja perdida.

5. Organize seu local de trabalho!

6. Pense duas vezes antes de levar trabalho para casa. Isso também inclui trabalhar por meio do smartphone ou do tablet.

7. Se você for o chefe, dedique-se a ser um bom exemplo.

8. Pense sempre em terminar o que há para fazer, em ter resultados e produtividade, em vez de apenas se sentar na cadeira e pensar em tudo o que não está resolvido.

Fonte:GQ


nov 17 2014

Cinco erros comuns de quem usa redes sociais para trabalho

Consultora de marketing digital descreveu em artigo comportamentos que prejudicam o chamado networking – quando você se relaciona com pessoas importantes para sua profissão

Twitter (Foto: Getty Images)

Facebook, Twitter, LinkedIn, Google Plus, Instagram. Quase toda rede social que você conhece tem alguma utilidade profissional. Alguns vendem produtos e serviços, outros promovem seus negócios. Há quem divulgue trabalhos, há quem use a mídia para se relacionar com chefes, colegas e clientes, antigos, atuais ou futuros – o famoso networking. O problema é que tem muita gente que não sabe bem o que está fazendo.
Gretchen Harnick, consultora de marketing digital há mais de 15 anos, escreveu um artigo para o site Levo, uma espécie de liga que debate temas ligados a carreira. Nele, descreve cinco erros comuns de quem faz networking em redes sociais. São eles…

1. Achar que ninguém está te ouvindo
Às vezes pode parecer que não, mas todo mundo lê o que você escreve. Não é preciso ser seu seguidor no Twitter ou seu amigo no Facebook. Basta buscar por uma hashtag que você usou, procurar por um nome similar ao seu, e está tudo ali, para todo mundo ler e reler. Cuidado!
2. Ter um perfil todo bloqueado
Caso você não seja o rapaz que usa o Twitter para se lembrar de tudo o que faz no dia a dia, não tem por que ter um perfil todo bloqueado. Se você pretende ter algum ganho profissional ao usar redes sociais, deixe seu perfil aberto, acessível e, claro, apresentável.

3. Falar demais no que está vendendo
Já são milhares (ou milhões?) de propagandas todo dia, toda hora, em todo lugar. Se você usar o Facebook só para divulgar o produto ou serviço que está vendendo, as pessoas vão cansar. “Fale sobre sua vida, das coisas que ama, das que te aborrecem, e fale com seus amigos online. Isso mostra que você é um membro da comunidade”, recomenda a autora.

4. Desconectar-se totalmente enquanto viaja
Tem quem não goste muito de ficar com o dedo na tela do celular durante uma viagem, mas faça uma forcinha para se mostrar também nessas situações. Tuitar sobre locais que visita, fazer check-ins em outras cidades, entre outras interações pouco trabalhosas, ajuda a formar o que a consultora chama de “imagem global de você mesmo”.

5. Esconder-se sob as redes sociais
Um dos momentos mais gratificantes deste tal de networking é encotrar pessoas com quem você já falou virtualmente. Gretchen mencionou que, ao ver que uma garota curtia tudo o que ela tuitava, visitou o perfil dela, depois o site, descobriu que havia interesses em comum e trocou e-mails. Mais tarde, elas se encontraram num café. Daí surgiu uma relação profissional.

Fonte:GQ


nov 11 2014

A dieta do homem

Os nutrientes que não devem faltar no prato para garantir o funcionamento de seu cérebro, coração e outros músculos, além de melhorar a saúde sexual

Esqueça a Dieta Dukan, aquela em que as carnes são estrelas e os carboidratos, vilões. Não comece uma detox, com seus sucos verdes, zero glúten e lactose. E ignore a paleolítica, que incentiva a alimentação dos tempos das cavernas. Todas essas receitas prontas podem até fazer sucesso entre quem quer perder peso. Acontece que nós, homens, precisamos de muito mais que isso para manter os músculos ativos, o coração a salvo de doenças, o cérebro funcionando a mil e o sexo rolando solto. “Todo ser humano tem uma constituição celular única e não estamos falando apenas das digitais. Nosso organismo é formado por trilhões de células, com necessidades específicas de nutrientes, em doses que vão variar conforme sua composição corporal”, explica a nutricionista funcional Luciana Harfenist. Ela, os nutricionistas Ricardo Zanuto e Maria Fernanda Pio e a nutróloga Ana Luisa Vilela desenvolveram para a GQ o que seria a dieta universal do homem, com nutrientes que não devem faltar no seu prato e cardápios capazes de garantir a saúde de cada peça da sua engrenagem.

Coração

As doenças cardiovasculares são causadoras de 29,4% de todas as mortes registradas no país anualmente. Na ponta do lápis, mais de 308 mil pessoas morrem todos os anos desses males, principalmente de infarto e acidente vascular cerebral. Estudos do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia mostram que 60% dessas vítimas são homens, com média de idade de 56 anos.  O ômega 3 é uma das chaves para a prevenção.

A dieta do homem — coração (Foto: João Avila)

Vitamina B12
Regula a produção da homocisteína   – um aminoácido produzido pelo corpo quando digere a proteína, principalmente a das carnes. O excesso de homocisteina prejudica o revestimento interno das artérias, aumentando a coagulação do sangue e as chances de um problema cardíaco. Onde está:  arroz, carnes, feijão, ervilha, lentilha e grão-de-bico.
B-Glucanas
Um tipo de fibra solúvel que tem ação comprovada na redução do colesterol, prevenindo as doenças cardíacas. Sua habilidade em combater radicais livres coloca essa fibra na lista dos antioxidantes. Onde está: farelo de aveia.
Fitoesteróis
Quando  chegam ao intestino reduzem a absorção do colesterol. A ingestão de 2,5 a 3 gramas por dia pode reduzir o nível de gordura no sangue em cerca de 15%, mas seu consumo deve ser diário para garantir os resultados. Onde estão: nozes, frutas, legumes e verduras.
Ômega 3
Reduz níveis de triglicerídeos (gorduras), melhora a força do músculo cardíaco responsável por bombear o sangue e regula a pressão arterial. Onde está: salmão, atum e sardinha.
Cardápio
Café da manhã: Pão multigrãos com pasta de nozes, manjericão e azeite + ricota de ovelha e salmão marinado + 1 nectarina + 1 castanha-do-pará
Lanche: Frutas vermelhas com amêndoas e nozes
Almoço: Salmão grelhado com ervas + berinjelas e abobrinhas assadas com azeite, tomate e alho + risoto de quinoa e brócolis + grão-de-bico + salada de folhas, tomate e fundo de alcachofra
Sobremesa: abacate com limão e mel
Lanche: Barra de frutas secas com castanhas
Jantar: Sopa de tomate e orégano + peito de peru assado com laranja + salada de brotos e lentilha
Sobremesa: 1 tablete (30 gramas) de chocolate amargo

Músculos

Com o passar dos anos eles sofrem um desgaste natural. Os homens tendem a perder 3 quilos de músculos entre os 25 e os 50 anos. A partir dos 50 eles perdem 1% de seu peso em músculo a cada ano. Para evitar essa degeneração, a prática de exercícios físicos, aliada a uma alimentação equilibrada, composta por carboidratos e proteínas, é fundamental.

A dieta do homem — músculos (Foto: João Avila)

Proteínas
Após a prática da atividade física, a musculatura precisa se recompor e encontra nas proteínas essa energia. Onde estão: leite, queijos e derivados, carnes brancas e carnes vermelhas.
Carboidratos complexos
O músculo armazena energia para utilizar durante a prática do exercício. Antes do esporte, dê preferência aos carboidratos de índice glicêmico baixo, que garantem o aporte de energia necessário e evitam que a insulina aumente excessivamente. Onde estão: madioquinha, quinoa, batata-doce.
Potássio
Ajuda a reduzir a pressão arterial e anula os efeitos do sódio excessivo, presente principalmente nos alimentos industrializados. Quando a quantidade de sódio e potássio nos músculos não é adequada, acontece a cãimbra, que nada mais é que a contração involuntária de um músculo. Onde está: banana, laranja, uva-passa, leite e folhas verdes dos vegetais.
Cardápio
Café da manhã pré-treino: Tapioca feita com farelo de aveia, pasta de peito de frango desfiado (150 gramas),  tahini e ervas + suco estimulante de laranja, beterraba, farelo de maca peruana e colágeno hidrolisado
Lanche pós-treino: Mingau de whey protein, banana, mel, farinha de linhaça dourada e óleo de coco extravirgem
Lanche da manhã: 1 fruta + 1 castanha-do-pará
Almoço: Filé de peixe congro rosa + purê de batata-doce, abóbora vermelha e brócolis feitos no óleo de gergelim + folhas à vontade
Lanche da tarde: Sanduíche com mozzarela de búfala, tomate, brotos, manjericão, azeite e ervas + suco orgânico de amora
Jantar: Frango empanado com flocos de quinoa + suflê de cenoura feito com ovos, ricota de búfala e ervas + arroz integral com shitake + salada de agrião, radicchio, tomate-cereja e azeite extravirgem
Ceia: Salada de frutas com iogurte

Saúde sexual

O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total. Estimativas do INCA (Instituto Nacional de Câncer) apontam que em 2014 serão diagnosticados no Brasil 69 mil novos casos. Fatores como estresse e má alimentação influenciam a saúde sexual. Para se proteger, aposte em alimentos ricos em aminoácidos.

A dieta do homem — saúde sexual (Foto: João Avila)

Cromo
Além de proteger contra doenças cardiovasculares, esse sal mineral melhora a fertilidade e aumenta o número de espermatozoides. Onde está: brócolis, suco de uva, cogumelos, nozes, batata e peito de peru.
Vitamina C
Reduz o número de radicais livres e protege o esperma dos danos oxidativos.
Onde está: frutas cítricas.
Aminoácidos
São vasodilatadores capazes de melhorar o fluxo sanguíneo na região do pênis e aumentar o número de espermatozoides. Onde estão: ostras, chocolate amargo e goji berry.
Betacaroteno
Combate radicais livres e impede o aparecimento de tumores na próstata. Onde está: cenoura, batata- doce e pimentão verde.
Licopeno
Pesquisas da Universidade de Harvard mostram que ele diminui em 35% os riscos de câncer de próstata. Onde está: tomate, pimenta e frutas vermelhas.
Ômega 3
Estudos evidenciam que o consumo de alimentos ricos em ômega 3 melhoram a qualidade dos espermatozoides. Onde está: salmão, atum, sardinha e cavalinha.
Arginina
Aumenta a produção de óxido nítrico, o que induz a vasodilatação, importante para a ereção masculina. Onde está: castanha-do-pará, nozes e amêndoas.
Cardápio
Café da manha: Crepe proteico + suco de melancia, beterraba e 1 colher de sopa de farelo de maca peruana
Lanche da manhã: Castanhas-do-pará, nozes e amêndoas + suco de cranberry com romã
Almoço: Espaguete integral com frutos do mar (ricos em zinco e ômega 3, são importantes para a produção hormonal e a fertilidade)
Lanche da tarde: 1 tablete (30 gramas) de chocolate 70% cacau + 2 castanhas-do-pará + chá-verde
Jantar: Peito de frango com curry + salada de quinoa com pimenta vermelha + salada de folhas + 1 taça de vinho tinto
Ceia: 1 fruta

Cérebro

É o órgão com a fisiologia mais complexa do corpo humano, influenciando diretamente as funções dos demais. “De acordo com pesquisas, 20% da energia consumida pelo ser humano é utilizada pelo cérebro e 25% do oxigênio inalado é direcionado para que o órgão possa realizar suas atividades”, diz Ricardo Zanuto, nutricionista e fisiologista.

A dieta do homem — cérebro (Foto: João Avila)

Ômega 3
Em humanos, a deficiência em ômega 3 parece estar associada a um aumento do risco de vários distúrbios mentais, incluindo o de déficit de atenção, dislexia, demência, depressão, transtorno bipolar e esquizofrenia. Onde está: peixes como salmão, atum e sardinha.
Ferro
Sua deficiência causa irritabilidade, falta de concentração e perda de memória. Onde está: bife de fígado e frutos do mar.
Selênio
Estudos indicam que a carência desse mineral pode causar depressão, nervosismo e confusão mental. Onde está: frutos do mar e miúdos bovinos como rim e fígado.
Carboidratos
São as principais fontes de energia para o organismo e para o cérebro. Atuam na formação das memórias. Onde estão: arroz integral, trigo, granola, aveia, pão integral, maçã, damasco, banana, amora, cereja, frutas secas, abacaxi, feijão, cenoura, abóbora, entre outros.
Aminoácido de Triptofano
Atua em diversas funções cerebrais, como qualidade do sono, sensibilidade a dor e controle do humor. Onde está: ovos.
Vitaminas do Complexo B
O complexo B é um conjunto de oito vitaminas com importante ação no metabolismo celular. Responsável por proteger os tecidos nervosos cerebrais contra a oxidação, atua também na produção de neurotransmissores e na memória. Ajuda o corpo a combater nervosismo, ansiedade, demência e depressão. Onde estão: carnes, arroz, feijão e castanhas.
Vitamina E
Protege as membranas do cérebro contra alguns efeitos do envelhecimento. Pesquisadores descobriram que ela combate a produção exagerada de radicais livres. Tem papel importante nos processos mentais que envolvem atenção, memória e aprendizado. Onde está: castanhas, feijão e óleos vegetais.
Cardápio

Café da manhã: Ovo caipira mexido temperado com cúrcuma + pão 100% integral + shake com 1 polpa de açaí, 3 colheres de sopa de mirtilo, água de coco, 2 colheres de sopa de farinha de linhaça dourada, 1 colher de sopa de goji berry e 1 medida de isolado proteico. Bater no liquidificador e acrescentar água

Lanche da manhã: 2 damascos secos + mix de nuts (1 unidade de nozes + 4 unidades de amêndoas + 2 unidades de avelã)

Almoço: Salada com rúcula, alface roxa, cenoura e morangos, regada com molho cítrico de laranja, alecrim e iogurte natural, flor de sal e azeite de macadâmia + atum na crosta com gergelim e semente de aroeira + arroz-preto + suco de maracujá
Sobremesa: mix de frutas vermelhas

Lanche da tarde: Iogurte com 10 gramas de proteína, mel de flor de laranjeira, semente de chia e colágeno hidrolisado

Jantar: Sopa de couve-flor, peito de frango, couve- manteiga, dill e red curry

Ceia: 1 tablete (30 gramas) de chocolate 70% cacau

* 2 litros de água ao dia, fora das refeições

Fonte:GQ


set 24 2014

Dicas para escolher Gravata

Que tal aprender algumas dicas sobre como escolher a gravata certa ?!? A Estivanelli participou da gravação de um programa da TV local e ensina para você!

http://goo.gl/KpS0M9


set 22 2014

Aplicativo impede motoristas de dormir ao volante

Ainda em fase de desenvolvimento, o NightDrive alerta o condutor que cair no sono

app

Jurij Francuzov estava em seu rotineiro caminho de três horas para casa quando caiu no sono. Ele estava dirigindo a 130km/h e, por sorte, nada de ruim aconteceu. Mas o susto foi suficiente para fazer lituano pesquisar alguns números de quantos motoristas dormem no volante — e se convenceu de criar um aplicativo para impedir isto de acontecer.

NightDrive usa a câmera frontal do celular para monitorar os olhos do motorista. Se o sujeito os fecha por mais de dois segundos, um som é disparado até que o condutor acorde. As opções de “dia ou noite” fazem com que o aplicativo ajuste a luz da imagem para nunca vacilar na vigia.

O desenvolvimento total do app ainda busca investimento no Kickstarter – está tentando juntar mil libras. Você pode ajudar clicando aqui. O aplicativo já está em fase de aprovação pela Apple e também deve ser disponibilizado para Android até dezembro deste ano.

Fonte: VIP