abr 12 2014

Questionamento de empreendedores

O mercado está atrás de pessoas que realizam, que estão dispostas a fazer acontecer, afirma o consultor de negócios Henri Fernandes Cardim. Mas, tomar a decisão de abrir uma empresa própria não é nada fácil e requer, antes de tudo, planejamento.

Confira alguns questionamentos que são comuns:

Vai dar certo? — A vida é um risco. O que devemos dimensionar é o tamanho do risco e sua disponibilidade para enfrentá-los.

E se der errado? — Ter reservas, não apostar todas as fichas e planejar de forma detalhada: isto vai prepará-lo para um possível plano B.

Será que tenho jeito para o negócio? — É importante avaliar o perfil, o desejo e tentar visualizar o negócio, entender sua experiência e habilidades.

Se não souber comandar meus colaboradores? — Todos sabemos mandar ou pedir as coisas. Isso se aprende facilmente com ensinamentos e treino. Assim, descobrirá rapidamente seu estilo de comandar sua empresa e seus funcionários.

Quando tirarei férias? — Nos primeiros anos, é mais complicado, mas com o tempo criará processos de gestão e pessoas de confiança para se ausentar alguns dias para descansar.

Gosto de vender, mas não gosto do setor administrativo — Bem, no começo nem sempre é possível contratar funcionários para as áreas administrativa ou financeira. Assim você será obrigado a acumular funções. Precisará aprender.

É melhor ter um sócio para eu me sentir mais seguro? — O sócio deve ser convidado à medida que ele tenha alguma competência que você não tem. Ou para compartilhar riscos, e, consequentemente, lucros. Afinidade apenas não é o suficiente.

Sou bom com números, mas não suporto vendas — As vendas, para alguns, são um tabu, devido ao formato antigo que ainda temos na cabeça, de gente insistente. Vender é o combustível da sua empresa. Será importante aprender, pois ninguém melhor do que você para falar de seus produtos ou serviços e, com o tempo, formará sua equipe comercial.

Sempre fui ótimo colaborador e até fui promovido. Então, acredito que empreender é fácil. — Não existem garantias. Bons executores podem se mostrar péssimos empreendedores. É imprescindivel entender como você reage diante às adversidades do mercado.

Tenho “100 dinheiros”, quanto devo investir? — Normalmente, orienta-se a investir um terço do montante. É uma regra simples para que haja capital de giro e reservas para fases instáveis ou para os períodos de vacas magras.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/emprego/empreendedorismo/os-10-questionamentos-mais-comuns-entre-os-candidatos-empreendedor-12149804#ixzz2ybYmxZhQ

imagem: reprodução


abr 4 2014

Pulseiras para homens, sim!

Há algum tempo vimos a moda masculina aderir ao visual com pulseiras.

Cada vez mais os homens estão aderindo ao uso desse acessórios, que já fazem parte do dia-a-dia de muitos, agregando estilo e charme ao visual de quem usa.

Dentre as  diversas opções oferecidas, as pulseiras em couro são as mais utilizadas. Cheias de estilo e atitude, as pulseiras em couro dão um toque rockeiro e moderno ao visual.

Além disso, o modelo pode ser misturado com mais de uma pulseira, nos mais diversos estilos, e até com relógios.

Olha só alguns modelos que você encontra aqui na Estivanelli:

Uma ótima opção para o look do fim de semana!

Imagem: reprodução

Fonte: homennamoda


mar 31 2014

Aposte nos detalhes, eles fazem a diferença!

Que tal um look moderno para iniciar a semana com muito estilo?!

Estivanelli propõe uma produção contemporânea, apostando em uma combinação de cores e detalhes. O sapato em tom vibrante e os detalhes da camisa (punhos, frente e costas) agregam modernidade e um charme único ao visual.

Você usaria?

Imagem: reprodução


mar 28 2014

Bonés!

Foi-se a época em que o boné era símbolo dos “rapazes largados”, que curtiam skate ou coisas do tipo. Hoje, ele é um acessório estiloso, que se bem usado, agrega charme e um toque jovial ao look.

O tipo de look para acompanhar  o boné varia muito,  pode ser desde um casual com bermuda até um mais elegante com casaco e calça escura.

Olha só algumas opções que você encontra aqui na Estivanelli CG:

Uma ótima opção para o fim de semana!

Imagem: reprodução

Fonte: homemnamoda


mar 26 2014

Qual o melhor, terno tradicional ou Slim Fit?

Que corte de terno você  prefere?

O blog Canal Masculino fez um breve comparativo entre o terno tradicional e o slim fit, que pode te ajudar a ponderar a respeito. Confira:

  • Terno tradicional

Caimento: Confortável

Estilo: Conservador

Características: ajustado ao corpo, mas sem ficar colado, com lapelas mais largas e dois ou três botões no paletó.

Prós: Apropriado para qualquer ocasião, não corre o risco de ficar apertado se você engordar um pouco, dá um porte mais poderoso, as vezes até intimidador, ideal para gravatas largas e vistosas, passa um ar de seriedade e compromisso, geralmente cai bem em qualquer um, seja gordo ou magro, alto ou baixo.

Contras: Se mal cortado destrói a silhueta, se você perder muito peso ele terá que sofrer ajustes ou ser trocado por outro, pode parecer muito conservador, liberdades de estilo, como a barra mais curta, não funcionam tão bem quanto no slim fit.

Calçados e acessórios: vai bem com praticamente todos os calçados e acessórios clássicos da moda masculina. Na lista entram: sapatos Oxford, chapéus Fedora, prendedores de gravata, abotoaduras, cachecóis, lenços, relógios com pulseira de couro e óculos de sol Aviador ou Wayfarer.

  • Terno slim fit

Estilo: arrojado

Características: justo, com lapelas finas e, na maioria das vezes, apenas dois botões no paletó.

Prós: passa uma imagem moderna e jovem, continuará servindo se você perder um pouco de peso, faz você parecer mais alto, fica bem com a barra dobrada e sem meias, combina com gravata skinny discreta, dá um porte amigável e despojado, quase divertido, cai bem em pessoas magras.

Contras: muito apertado pode marcar demais, se você ganhar peso terá que aposentá-lo, pode parecer muito moderno demais determinados ambientes, não é para qualquer um, precisa estar com o físico em dia para usá-lo e, mesmo assim, homens muito alto ou muito musculosos podem ficar estranhos usando este tipo de terno.

Calçados e acessórios: leva vantagem sobre o terno clássico, pois seu estilo mais descontraído permite o uso de alguns acessórios mais leves como pulseiras, broches, lenços coloridos, sapatos levemente casuais, meias coloridas e relógios com design mais arrojado.

E aí, qual o seu preferido?

Imagem: reprodução

Fonte: Canal Masculino