nov 17 2014

Cinco erros comuns de quem usa redes sociais para trabalho

Consultora de marketing digital descreveu em artigo comportamentos que prejudicam o chamado networking – quando você se relaciona com pessoas importantes para sua profissão

Twitter (Foto: Getty Images)

Facebook, Twitter, LinkedIn, Google Plus, Instagram. Quase toda rede social que você conhece tem alguma utilidade profissional. Alguns vendem produtos e serviços, outros promovem seus negócios. Há quem divulgue trabalhos, há quem use a mídia para se relacionar com chefes, colegas e clientes, antigos, atuais ou futuros – o famoso networking. O problema é que tem muita gente que não sabe bem o que está fazendo.
Gretchen Harnick, consultora de marketing digital há mais de 15 anos, escreveu um artigo para o site Levo, uma espécie de liga que debate temas ligados a carreira. Nele, descreve cinco erros comuns de quem faz networking em redes sociais. São eles…

1. Achar que ninguém está te ouvindo
Às vezes pode parecer que não, mas todo mundo lê o que você escreve. Não é preciso ser seu seguidor no Twitter ou seu amigo no Facebook. Basta buscar por uma hashtag que você usou, procurar por um nome similar ao seu, e está tudo ali, para todo mundo ler e reler. Cuidado!
2. Ter um perfil todo bloqueado
Caso você não seja o rapaz que usa o Twitter para se lembrar de tudo o que faz no dia a dia, não tem por que ter um perfil todo bloqueado. Se você pretende ter algum ganho profissional ao usar redes sociais, deixe seu perfil aberto, acessível e, claro, apresentável.

3. Falar demais no que está vendendo
Já são milhares (ou milhões?) de propagandas todo dia, toda hora, em todo lugar. Se você usar o Facebook só para divulgar o produto ou serviço que está vendendo, as pessoas vão cansar. “Fale sobre sua vida, das coisas que ama, das que te aborrecem, e fale com seus amigos online. Isso mostra que você é um membro da comunidade”, recomenda a autora.

4. Desconectar-se totalmente enquanto viaja
Tem quem não goste muito de ficar com o dedo na tela do celular durante uma viagem, mas faça uma forcinha para se mostrar também nessas situações. Tuitar sobre locais que visita, fazer check-ins em outras cidades, entre outras interações pouco trabalhosas, ajuda a formar o que a consultora chama de “imagem global de você mesmo”.

5. Esconder-se sob as redes sociais
Um dos momentos mais gratificantes deste tal de networking é encotrar pessoas com quem você já falou virtualmente. Gretchen mencionou que, ao ver que uma garota curtia tudo o que ela tuitava, visitou o perfil dela, depois o site, descobriu que havia interesses em comum e trocou e-mails. Mais tarde, elas se encontraram num café. Daí surgiu uma relação profissional.

Fonte:GQ


out 13 2014

Conheça as dez praias mais inusitadas do mundo

Cansado de pegar o carro e ir para as mesmas praias? Já viajou todo o Brasil e o Caribe e agora quer algo diferente? Agora, você tem dez opções de lugares realmente diferentes que irão mudar a sua concepção de “praia”. Prepare as malas (em alguns lugares, a roupa de banho nem é necessária).

Ilhas Maldivas

Ilhas Maldivas (Foto: Reprodução)

Sem dúvida, uma das praias mais espetaculares do mundo. À noite, a luz azul  de fitoplânctons bioluminescentes forma um incrível oceano de estrelas no mar e na areia da praia. Os plânctons brilham em defesa contra os predadores, mas não fazem mal aos banhistas. Pode mergulhar sem medo.

Costa leste da península de Coromandel, Nova Zelândia

Coromandel, Nova Zelândia (Foto: Creative Commons/Flickr)

Você gosta mais de ficar na areia do que dentro d’água? Essa praia foi feita para você. Por conta dos reservatórios subterrâneos dos vulcões, o mar fica quente, chegando a mais de 60° celsius. O paraíso natural aquecido só pode ser visitado em épocas de marés baixas. Se for, não se esqueça de levar uma pá: a tradição do lugar é fazer buracos de areia, fazer um “mini jacuzzi natural” e relaxar.

Praia das Catedrais, Espanha

Praia das Catedrais, Espanha (Foto: Creative Commons/Flickr)

A “Praia de Augas Santas”, como é chamada no país, parece uma grande catedral natural por conta dos seus arcos e grutas, formados pela erosão do vento e da água salgada.  Durante a época de maré alta, todo o espetáculo visual é coberto, sendo fechado para visitantes.

Big Major Cay, Bahamas

Big Major Cay, Bahamas (Foto: Creative Commons/Flickr)

Imagine uma praia tomada por suínos selvagens. Mesmo em pequena quantidade (estima-se que sejam apenas 20), eles são a grande atração da visita. Turistas de todo o mundo passam por lá para tomar um sol, se refrescar e tirar uma foto com os porquinhos. Bacon nos quiosques? Nem pensar.

Lago Jökulsárlón, Islândia

Lago Jökulsárlón, Islândia (Foto: Creative Commons/Flickr)

É possível conhecer uma praia incrível… no frio da Islândia. A areia negra do Lago Jökulsárlón, formada por rochas vulcânicas, fazem um incrível contraste com os blocos de neve. A época de verão (do dia 21 de junho a 23 de setembro) é a ideal para aproveitar a paisagem, quando a temperatura chega aos suportáveis 10º.

Prince William Sound, Alasca
Prince William Sound, Alasca (Foto: Creative Commons/Flickr)

Imagine uma praia com baleias, ursos e lontras. Se o frio não o assusta, dê uma passada no Golfo do Alasca no verão com um espetáculo cheio de cores: as colinas são verdes ou azuis; a areia é negra. Nem precisa levar roupa de praia: o gelo toma conta das águas.

Glass Beach, Califórnia

Glass Beach, Califórnia (Foto: reprodução)

Localizada em Fort Bragg, na Califórnia, o conjunto de três praias é um milagre da natureza. Após anos servindo como lixão para os moradores, que depositavam na areia todo o tipo de entulho – desde eletrodomésticos até televisores – o local ganhou sobrevida com um programa de recuperação ambiental do governo local, em 1967. Aos poucos, o mar foi revertendo os resíduos em pedras preciosas coloridas, tornando-se hoje um dos lugares mais exóticos e, acredite, belos do mundo.

Harbour Island, Bahamas

Harbour Island, Bahamas (Foto: Creative Commons/Flickr)

A areia desta praia é rosa. Isso acontece por conta da lavagem natural das partículas dos corais vermelhos na orla. Para chegar lá, é preciso pegar um avião no aeroporto e, em seguida, um “táxi de água”.

Papakolea Beach, Havaí

Papakolea Beach (Foto: Creative Commons/Flickr)

Mais uma praia com areia colorida. O verde tomou conta graças a uma surpreendente mistura entre lava vulcânica e olivina, uma pedra semi-preciosa encontrada somente na região. É melhor ir enquanto há tempo: segundo os pesquisadores, o “diamante havaiano” deve desaparecer em breve, e a praia, após alguns anos, passará a ser cinza.

Seagaia Ocean Dome, Japão

Seagaia Ocean Dome, Japão (Foto: Creative Commons/Flickr)

A grande vantagem da maior praia artificial do mundo é o teto retrátil. Mesmo em dias chuvosos ou frios, os visitantes podem se divertir dentro da área de 300×100 com água aquecida e temperatura de 30°. O mar é programado para formar ondas de até dois metros.  Dá para até para assistir à erupção de um vulcão e ouvir aos cantos dos pássaros – todos eles, de mentira, claro.

Fonte: GQ


set 24 2014

Dicas para escolher Gravata

Que tal aprender algumas dicas sobre como escolher a gravata certa ?!? A Estivanelli participou da gravação de um programa da TV local e ensina para você!

http://goo.gl/KpS0M9


set 22 2014

Aplicativo impede motoristas de dormir ao volante

Ainda em fase de desenvolvimento, o NightDrive alerta o condutor que cair no sono

app

Jurij Francuzov estava em seu rotineiro caminho de três horas para casa quando caiu no sono. Ele estava dirigindo a 130km/h e, por sorte, nada de ruim aconteceu. Mas o susto foi suficiente para fazer lituano pesquisar alguns números de quantos motoristas dormem no volante — e se convenceu de criar um aplicativo para impedir isto de acontecer.

NightDrive usa a câmera frontal do celular para monitorar os olhos do motorista. Se o sujeito os fecha por mais de dois segundos, um som é disparado até que o condutor acorde. As opções de “dia ou noite” fazem com que o aplicativo ajuste a luz da imagem para nunca vacilar na vigia.

O desenvolvimento total do app ainda busca investimento no Kickstarter – está tentando juntar mil libras. Você pode ajudar clicando aqui. O aplicativo já está em fase de aprovação pela Apple e também deve ser disponibilizado para Android até dezembro deste ano.

Fonte: VIP


set 15 2014

Clássico Versátil: Camisa Xadrez

O xadrez é uma das padronagens favoritas dos homens. Clássico, ele ao mesmo tempo consegue ter um ar atual e despojado, e é uma escolha ótima para acrescentar estilo ao visual.

Temporada após temporada, ele se mantém firme e forte e domina as passarelas e ruas mundo afora. E diferente do que muita gente pensa, não é só para ser usado no frio. No Verão, a padronagem aparece em versões mais leves com tecidos mais finos.

Extremamente versátil, a camisa xadrez também pode ser usada apenas como um complemento, jogada por cima de uma camiseta básica. O ideal é que se dobre as mangas para deixar o visual mais jovem e descontraído.

Abaixo separamos algumas idéias para você se inspirar!

Aqui na Estivanelli, você encontra vários modelos e cores de camisas para a sua composição!