nov 25 2011

Dresscode masculino segundo Glória Kalil

Quando o assunto é informação sobre moda, as mulheres ganham de lavada dos homens, no quesito quantidade de artigos e dicas à disposição. Afinal, a verdade é que elas possuem um interesse maior sobre o assunto, contudo são os homens que possuem mais dúvidas. Afinal aparecem determinadas situações, que fogem do cotidiano,  em que simplesmente não se sabe o que usar!

A consultora de moda Gloria Kalil não se esqueceu do público masculino e fez um guia bem bacana para não errar no visual. Olha só:

TRAJE ESPORTE


Tipo de evento: almoços, exposições, churrascos, batizados, festas de crianças.
Clima: simples e informal. Significa uma roupa descomplicada.
A roupa certa: calças de brim ou de gabardine cáqui ou jeans, com camisas esportivas ou suéteres. No inverno, jaquetas ou parcas de couro ou camurça.
Sapatos: os esportivos, como mocassim, sapatênis e tênis (menos no batizado). No inverno, calçados abotinados de camurça.
A roupa errada: bermudão + camiseta do time + chinelo. Ou no extremo oposto: terno e gravata.

TRAJE PASSEIO, ESPORTE FINO OU TENUE DE VILLE

Tipo de evento: almoços, vernissages, teatros.
Clima: um toque de formalidade.
A roupa certa: se o evento for antes das 18h, camisa + calça esportiva, tipo cáqui, com blazer. Outras opções: terno de cor clara com ou sem gravata; ou blazer escuro com calça, com ou sem gravata. Se o convite vier com “tenue de ville”, use gravata – seja dia ou seja noite, mesmo com blazer ou jaqueta. À noite, terno com gravata – valendo os ternos claros se for verão.
Sapatos: sociais. Mocassins pretos ou marrons.
A roupa errada: jeans.


PASSEIO COMPLETO OU SOCIAL

Tipo de evento: jantares, coquetéis, óperas, casamentos, comemorações oficiais.
Clima: formalidade total
A roupa certa: terno escuro com camisa social e gravata*.
Sapatos: sociais pretos.
A roupa errada: qualquer opção fora do terno e gravata. E mais: acessórios marrons em geral e ternos marrom.


TRAJE BLACK-TIE, TENUE DE SOIRÉE OU RIGOR


Tipo de evento: noites de gala, bailes, grandes premiações.
Clima: de requinte, sofisticado.
A roupa certa: smoking. Tradicional ou variações mais modernas – como substituir a camisa branca por uma preta e dispensar a gravata borboleta – são toleradas hoje em dia.
Sapatos: lisos de verniz, ou pretos de couro, de amarrar.
A roupa errada: o seu melhor terno escuro.


mai 3 2011

Guia sobre cintos de couro

Quando se fala em acessórios, diferente do universo feminino, que tem uma variedade enorme, o  masculino é muito limitado. O cinto por sua vez, é quase obrigatório em uma produção masculina. Confira algumas dicas sobre como usar cintos:

Para não errar: sempre combine a cor do cinto com a do sapato. Não precisam ser da mesma cor exata, mas sim no mesmo tom. E o estilo também. Portanto quando quiser incorporar um cinto ao seu look, vá de preto, marrom escuro ou bege, com sapatos no mesmo tom, é claro. E lembre-se: quando um é formal, o outro segue a linha e por aí vai.

E com jeans?: Bom, com jeans, não use cinto formal de jeito algum. Use um bem casual, de preferência de tecido (ex. lona ou cadarço) ou então de couro natural. E o sapato não precisa ser da mesma cor, mas tem que ser um igualmente informal como tênis, dock siders.

Suspensório: esqueça o cinto, pois têm a mesma finalidade: “segurar” as calças. Não há necessidade de usá-los ao mesmo tempo.

Fivela: quanto mais formal a roupa, menor e mais discreta é a fivela, o mesmo vale para o inverso. Ou seja, cintos sociais pedem fivelas finas e de metal, preferencialmente fosco, pois passa um ar de elegância discreta. Já para os casuais, quanto mais metal melhor.

Tamanho: o cinto, assim como tudo que se veste, possui numeração. Olhe no verso dos cintos que você verá o tamanho em centímetros. A medida deve ser da cintura da calça mais um pouco (entre 10 e 15 cm). Assim, sempre sobra um pedaço depois da fivela e você não fica com a cara de quem acaba comendo sempre demais.

Costura: nos cintos sociais, a regra do “quanto menos, melhor” vale. Por isso, nada de costura aparente. Já nos casuais, a costura é um elemento extra.

Material: Os cintos sociais de couro são para a vida toda. Os com um pouco de brilho são clássicos e estão em alta. Complicado é distinguir um couro legítimo e um sintético. Entre os casuais, os de camurça, os que misturam tecidos coloridos, couro e fivelas de metal estão na moda.


mai 2 2011

O traje pedido foi…

Cada festa tem seu dress code  e como maio é o mês das noivas, começa a temporada de casamentos, então preparamos algumas dicas para se vestir corretamente em cada ocasião. Confira abaixo:

Traje esporte

Na teoria, é vá como estiver, mas, se alguém teve o trabalho de escrever o traje no convite, é de bom tom colocar pelo menos uma camisa e um blazer. Você pode usar jeans, calça de sarja ou, se achar que a turma é mais formal, uma calça de lã fria com corte reto. Nos pés, o mocassim é um sapato bem coringa e resolve bonito.

Esporte fino ou passeio

Preste atenção no horário do evento. Se for até as 6h da tarde (pressupõe-se à luz do dia), você deve usar calça social (bege, cinza ou marinho), de preferência de lã fria, com camisa social e blazer. O azuis são mais fáceis de combinar. Agora se passar das 6h, você deve usar terno e gravata mesmo.

Social ou passeio completo

Significa que você terá de usar um terno. Você pode colocar colete e abotoaduras se quiser, ou até mesmo um lenço no bolso, mas um blazer avulso aqui não vai convencer.

Black Tie, Rigor ou Habillé

Sim, você provavelmente terá de passar numa loja de aluguel de roupas. Black Tie é o paletó preto com lapela de cetim e calça com uma faixa lateral de cetim ou gorgurão. Use com camisa branca, faixa de cetim na cintura e gravata-borboleta. Nos pés, sapatos com modelagem slim, com formas alongadas e bordas delicadas, como por exemplo o de couro estilo oxford ou o de verniz com camada discreta de brilho.